PROCURANDO UMA IGREJA BÍBLICA PARA CONGREGAR...

em quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Por Marco Sousa


Durante muitos anos procurei e tentei encontrar uma igreja totalmente bíblica e genuinamente pura em todos os seus aspectos. Obviamente, cheguei à triste conclusão que este tipo de congregação não existe no planeta terra. Existirá, todavia quando Cristo voltar para buscar a sua igreja.

O cristão genuíno precisa congregar em uma igreja local, que seja bíblica e que honre o nome de Cristo. É necessário ter comunhão com outros irmãos, mas isto nada tem a ver com o ato de endossar os erros de quaisquer sistemas religiosos. O crente bíblico pode congregar em uma denominação, sem concordar com os equívocos religiosos ou com os enxertos que ferem as escrituras, até porque será impossível encontrar igreja perfeita. Quem pensa que está salvo por causa do local em que congrega, não conhece perfeitamente a graça de Deus.

Deus tem os seus fiéis espalhados pelos diversos grupos cristãos que honram o nome de Cristo e que são conduzidos pelo Espírito Santo. Deus não é exclusivista e muito menos denominacionalista. Um dos títulos de Deus na Bíblia Sagrada é Senhor dos Exércitos (o que denota que ELE tem muitos fiéis em muitos arraiais), ele não é e nunca foi o Deus de apenas uma denominação. O evangelho também não é monopólio de apenas um grupo religioso. Deus o deu a todos os homens. O pregador que ignora isto, ainda não é totalmente convertido a Cristo e ainda não conhece o evangelho bíblico.

Um dos grandes problemas do evangelicalismo atual é o "invencionismo". Nunca houve tanta invenção humana em igrejas evangélicas, quanto na atualidade. As grandes "invenções" entre os evangélicos, começaram (na realidade) no alvorecer da reforma protestante. Os europeus logo inventaram que a prosperidade material de uma família cristã era o sinal claro da eleição de Deus. Os pais da teologia da prosperidade tiveram "excelentes" precursores. Nos séculos seguintes as "invenções eclesiásticas" ganharam o status de doutrinas essenciais do evangelho. Hoje há crentes que fecham os olhos para os equívocos da sua própria congregação ou para os erros do sistema teológico adotado pela sua casa de culto (situações antibíblicas) enquanto lançam farpas contra outros grupos cristãos, fazendo assim a velha prática (antibíblica) do julgamento desequilibrado, com "dois pesos e duas medidas". Siga o link para visualizar algumas das invenções mais famosas presentes no meio evangélico brasileiro (►Confira aqui).

Nos últimos anos tenho cultuado a Cristo e também pregado a palavra de Deus em eventos de irmãos de três diferentes denominações. Não faço acepção de grupos evangélicos, pois Cristo também nunca fez acepção de pessoas, ELE é o único digno de ser imitado em tudo. No céu não haverá placas denominacionais. Qualquer lugar é ambiente para pregar o evangelho glorioso de Cristo, seja na varanda de uma casa simples ou debaixo da goiabeira no fundo do quintal de um humilde camponês... Mas não me venha com argumentos teológicos toscos e antibíblicos, fabricados por assassinos da idade média... Eu e minha casa serviremos ao Senhor, discutindo política, religião, teologia e filosofia... Não sou servo de grupos religiosos... Sirvo apenas a Cristo!!!

Se o caro leitor souber de alguma denominação que não tenha nenhum tipo de invenção humana em sua liturgia e cuja liderança não seja praticante da chamada "pesca de aquário", e que não seja cessacionista e que não ouse deturpar o caráter de Deus descrito nas escrituras, por gentileza avise-me, que eu mudo de congregação imediatamente! Estou ciente de que onde eu estou atualmente, há muitos problemas e equívocos religiosos (como há em todas as denominações que conheço), mas não estou disposto a trocar os erros daqui, pelos erros de outros lugares...

Glória ao Pai, Glória ao Filho e Glória ao Espírito Santo!
Topo